quarta-feira, 16 de maio de 2012

Ah vá... rsrsrs

Engraçado, muito engraçado o modo de amar das pessoas.

Existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar, ou viver isso - Frase dita por William Shakespeare.

O amor é a coisa mais pura do mundo, e ao mesmo tempo a mais cruel, ou sei lá, a mais louca.

O amor conjugal, é intenso, avassalador... Sim, avassalador, por onde passa causa tumulto... Sem olhar para os lados, imponente e seguro de si, se basta, e os que o têm também se bastam.

O amor fraternal é lindo, mas na maioria das vezes desinteressado, despreocupado com os seus, por vezes, uma mentira linda baseada em uma verdade milenar.

O amor próprio, honesto, digno, nariz em pé talvez, e por vezes egoísta... Nunca sabe se está certo, mas segue em frente.

Tantos tipos de amores, tantas pessoas sentindo-os...

O que na verdade quer dizer o amor?

ÁGAPE?

Vida? Morte? Verdade? Crueldade? Egoísmo? Ingratidão?

O que dizer do amor?

Bom? Lindo? Perfeito?

O que dizer do modo como as pessoas te amam?

Bagunça? Veracidade?

O que você escolhe?

 :-p

Eita textinho complicado... Mas a vida também não está assim tão descomplicada... Ou será que sou eu que estou tendo dificuldades em me adaptar com a minha?

2 comentários:

Marly disse...

O que dizer do amor???
talvez seja o conjunto de tudo isso, e assim tão complicado em si é o amor rss.
Adorei.
Beijos no coração. Tenha uma linda noite
Bruxinha "Ma" ( não mais em conflito rss)

Arthur Francisco. disse...

Adorei seu comentário....