domingo, 20 de julho de 2008

********************



Fechado

Estou andando em um caminho
Do qual não consigo sair
Eu sinto que o mundo me diz:
Abra seus olhos, e deixe entrar o fim.
Quebrando regras e dogmas eternos
Mesmo assim eu não consigo ver o amanhã
Mesmo precisando, eu não consigo.
Pois está fechado.
Fechado para nós
Fechado para tudo
E quebrando minha cabeça
Penso em uma maneira de chegar até lá
Até o outro lado, mais feliz, mais puro que eu mesmo.
Sinto tanta tristeza
Neste estranho mistério que me pergunta se estou certo
E ainda sim continuo procurando o amanhã
Precisando encontrar o que eu sinto
Mas está fechado
Fechado para mim
Fechado para nós
Fechado para o amanhã
Mas que amanhã é esse?
E então eu vejo o próximo passo
Quando sei que só preciso de uma coisa
Que esteja aberto, aberto para todos.
Com portas abertas
E cadeados destrancados
Aonde será que devo chegar?
Que caminho sinuoso e envolto em névoas é esse?
Aonde me levará?
São simples conjecturas
Que com a única certeza existente
Não levarão a nada

Sabedoria.

A ÁRVORE DOS AMIGOS

Existem pessoas em nossas vidas que nos deixam felizes pelo simples fato de terem cruzado o nosso caminho. Algumas percorrem ao nosso lado, verem mais luas passarem, mas outras apenas vemos entre um passo e outro. A todas elas chamamos de Amigo.
Há muitos tipos de Amigos. Talvez cada folha de uma árvore caracterize um deles. O primeiro que nasce do broto é o Amigo-Pai e o Amigo-Mãe.
Mostram o que é ter vida. Depois vem o Amigo-Irmão, com quem dividimos nosso espaço para que ele floresça como nós. Passamos a conhecer toda a família, a qual respeitamos e desejamos o bem.
Mas o destino nos apresenta outro Amigos, os quais não sabíamos que iam cruzar nosso caminho. Muitos desses são designados Amigos do peito, do coração.
São sinceros, verdadeiros. Sabem quando não estamos bem, sabem o que nos faz feliz. Às vezes, um desses estala o nosso coração e, então, é chamado de Amigo-Namorado. Esse dá brilho aos nossos olhos, músicas aos nossos lábios, pulos aos nossos pés.
Mas também há aqueles Amigos por um tempo, talvez umas férias ou mesmo um dia ou uma hora. Esses costumam colocar muitos sorrisos na nossa face durante o tempo que estamos perto.
Não podemos nos esquecer dos Amigos distantes, que ficam nas pontas dos galhos, mas que, quando o vento sopra, aparecem novamente entra uma folha e outra. O tempo passa, o verão se vai, o outono se aproxima, e perdemos algumas de nossas folhas. Algumas nascem num outro verão, outras permanecem por muitas estações.
Mas o que nos deixa mais feliz é perceber que as que caíram continuam por perto, continuam aumentando a nossa raiz com alegria.
Trazem-nos lembranças de momentos maravilhosos passados juntos.
A cada folha da árvore deve – se desejar Paz, Amor, Saúde, Sucesso e Prosperidade.
Simplesmente porque cada pessoa que passa em nossa vida é única.
Sempre deixa um pouco de si e leva um pouco de nós. Há os que levaram muito, mas não há os que não deixaram nada. Essa é a maior responsabilidade de nossa vida e a prova evidente de que duas almas não se encontram por acaso.
Se eu pudesse deixar algum presente a você, deixaria aceso o sentimento de amar a vida dos seres humanos. A consciência de aprender tudo o que foi ensinado pelo tempo afora. Lembraria os erros que foram cometidos para que não mais se repetissem. Deixaria a capacidade de escolher novos rumos.
Também deixaria para você, se pudesse, o respeito àquilo que é indispensável. Além do pão, o trabalho. Além do trabalho a ação.
E, quando tudo mais faltasse, um segredo: o de buscar no interior de si mesmo a resposta e a força para encontrar a saída.


(Mahatma Gandhi)




Um pouco de humor.

Me perdoem as mulheres, mas que é engraçado é.
:-)

îìîìîìîìîìîìîìîìîìîìîìîìîìîìîìîì


segunda-feira, 7 de julho de 2008

Anjos da Humanidade.

Hoje vou colocar aqui um pouco sobre uma pessoa especial, e que morreu injustamente.

ANNE FRANK

Anne Frank nasce em 12 de junho de 1929 em Frankfurt, Alemanha. Em 1933 chega ao poder nesse país o partido nacional-socialista e anti-semita de Hitler. Edith e Otto Frank, os pais judeus de Anne, compreendem que seu próprio futuro e o de suas filhas está fora da Alemanha. Fogem para a Holanda nesse mesmo ano; Anne tem então quatro anos. Durante sete anos leva uma vida despreocupada na relativamente segura Holanda. A Alemanha ocupa o país em 1940, pondo fim à segurança que oferecia. As medidas anti-semitas vão limitando cada vez mais a vida de Anne Frank. Em 1942 começam as deportações para os supostos campos de trabalho. Os pais de Anne conseguem esconder-se na casa de trás do edifício onde funciona a empresa de Otto Frank. Ali permanecerão mais de dois anos. Em agosto de 1944, são presos e deportados para o campo de trânsito de Westerbork (Holanda)...

Enquanto estava escondida, Anne Frank escreveu um diário: durante dois longos anos, enche de anotações vários cadernos. Até o final desse período, Anne reescreve seus textos com a intenção de publicar um livro uma vez terminado a guerra. Em 1947, Otto Frank publica os diários de sua filha desaparecida. O Diário de Anne Frank se converterá em um dos livros mais lidos do mundo.

Do campo de trânsito de Westerbork (Holanda), os oito escondidos são transportados para Auschwitz no trem que realiza esse percurso. Após um mês de permanência em Auschwitz, Anne Frank e sua irmã Margot são enviadas em outubro de 1944 ao campo de Bergen-Belsen. Ali, milhares de pessoas morrem diariamente por causa da fome e das enfermidades. Margot e Anne contraem tifo e morrem com poucos dias de diferença, em março de 1945, duas semanas antes da libertação.

"Apesar de tudo, ainda acredito que a humanidade no fundo, realmente é boa"

(Anne Frank)

OBS.: LEIAM O LIVRO, "O DIÁRIO DE ANNE FRANK", EU COLOQUEI O LINK AÍ DO LADO, NA LISTA DE LIVROS.

domingo, 6 de julho de 2008

Confude mesmo.

QUANTOS CAVALOS VOCÊ CONSEGUE CONTAR ABAIXO?

QUANTOS ANIMAIS VOCÊ VÊ ABAIXO?

QUANTAS PESSOAS VOCÊ VÊ ABAIXO?




sábado, 5 de julho de 2008

ELEMENTAIS.

Os Elementais, normalmente se apresentam àqueles que possuem uma maior sensibilidade para poder vê-los, na forma que imaginamos que eles sejam.
Um exemplo disso é que as informações que temos sobre os Elementos da Terra - os Gnomos - é que são uns homenzinhos de mais ou menos 30cm de altura, possuem barbas compridas, etc... Por que se nos apresentam assim? Porque eles vão ler a nossa mente, processar a imagem de produzimos à respeito deles, e assim eles irão se apresentar à nós.
Em cada região, os Elementais irão se apresentar de uma forma diferente, como por exemplo na Europa. As mulheres tem a pele clara, cabelos loiros e olhos azuis, portanto as Ondinas que são os Elementais da Água, irão se apresentar dessa forma, bem diferente da nossa Iara, que também é uma Ondina, mas com aparência de uma Índia, assim como as pessoas do interior, vêem o Saci-Pererê, que na realidade é um Gnomo.
Mas o mais importante não é a aparência deles, e sim sabermos preservá-los perto de nós. São criaturas doces, maravilhosas, que podem nos ajudar, e muito, a todo momento, desde que sejamos puros, honestos e sensíveis, adoram ser tratados com muito amor e carinho, e ganhar presentes.


Existem elementais para os 4 elementos:

Água - Ondina.
Fogo - Salamandra.
Ar - Silfo.
Terra - Gnomo.
____________________________________________________________________

Água - Ondina.

Assim como os Gnomos tem suas funções limitadas junto aos Elementos da Terra, os Elementais da Água - as Ondinas - atuam na Essência Invisível e Espiritual, - O Éter Úmido - A beleza é uma característica comum aos Elementais da Água. São sempre cheios de graça, simetria, onde quer que sejam encontradas, representadas na arte, em esculturas.
O Elemento Água, que sempre foi identificado como sendo um símbolo feminino, é muito natural que os Elementais da Água sejam simbolizados como fêmeas. As Ondinas, estão sub-divididas em vários grupos, algumas habitam as Cataratas, Mares, onde podem ser vistas entre os vapores, outras habitam os Pântanos, Brejos e Charcos, outras ainda habitam em Lagos de Montanhas.
De um modo geral, quase na totalidade, as Ondinas são muito parecidas com seres humanos, tanto na sua forma, como tamanho - as que habitam os Rios e Fontes, tem proporções menores - Normalmente vivem em Cavernas de Corais, nos Juncais, às margens dos Rios ou das Praias. As Ondinas, servem e amam sua Rainha, Necksa.
Elas são antes de tudo, seres emocionados, amigáveis com os humanos, à quem gostam de servirem. Muitas vezes, são representadas cavalgado em Golfinhos e em outros grandes Peixes, essas Sereias tem um amor muito grande pelas flores e plantas, às quais servem de maneira devotada e inteligente quanto aos Gnomos. Antigos poetas diziam que o canto das Ondinas "O Canto das Sereias" eram ouvidos no vento Oeste, e que suas vidas, eram consagradas à beleza da Terra Material.




Fogo - Salamandra.

O Terceiro grupo de Elementais, são representados pelos Salamandras, que vivem no Éter atenuado e espiritual que é o Invisível Elemento Fogo. Sem elas, o fogo material não existiria, um fósforo não pode ser aceso, e nem a pólvora explodiria.
O ser humano é incapaz de se comunicar adequadamente com as Salamandras, pois ela reduz a cinzas, tudo que delas se aproxima. Antigos místicos, preparavam incensos especiais de ervas e perfumes, para que quando queimados, pudessem provocar um vapor especial, e assim formar nos seus rolos as figuras das Salamandras, sentindo assim a sua presença.
Muitas Salamandras são vistas em formas de bolas ou línguas de fogo, correndo através dos campos ou adentrando nas casas. No Brasil, chamam essas aparições, ou "fenômenos" de Fogo-Santileno".
A maioria dos místicos afirmam que as Salamandras são seres gigantes, imponentes, flamejantes em roupas fluídas, como se fosse uma armadura de fogo. São as mais poderosas dos Elementais e tem como seu regente Djin.
Antigos sábios sempre foram advertidos para manter distância delas, pois os benefícios que seus estudos trariam, não seria proporcional, ao preço que se pagaria por eles. Possuem especial influência sobre os indivíduos de temperamento ígneo e tempestuoso.
Tanto nos animais, quanto no homem, as Salamandras trabalham através do emocional, por meio de calor corpóreo, do fígado e da corrente sangüínea. Sem a sua assistência, não haveria calor.



Ar - Silfo.

No último discurso de Sócrates, tal como foi preservado no Fédon de Platão, o filósofo condenado à morte diz: - "acima da Terra, existem seres vivendo em torno do ar, tal como nós vivemos em torno do mar, alguns em ilhas que o Ar forma junto com o Continente; e numa palavra, o ar é usado por Eles, tal qual a água e o mar são por nós, e o Éter é para nós.
Mais ainda, o temperamento das suas estações é tal, que Eles não têm doenças e vivem muito mais tempo do que nós, e têm visão e audição e todos os outros sentidos muito mais aguçados do que os nossos, no mesmo sentido que o Ar é mais puro que a Água e o Éter do que o Ar.
Eles também têm seus templos e Lugares Sagrados, em que os Deuses realmente vivem, e Eles escutam sua vozes e recebem suas respostas; são conscientes de sua presença e mantêm conversação com Eles, e Vêem o Sol, e vêem a Lua, e Vêem as Estrelas, tal como realmente são. E todas suas bem-aventuranças, são desse gênero"... Eles são os mais altos de todos os Elementais, o seu Elemento Nativo é o de mais alta taxa vibratória. É comum atingirem 1000 anos de idade, não envelhecem nunca. São os Silfos, que têm como líder um Silfo chamado Paralda, e vive na mais alta montanha da Terra.
Acredita-se que os Silfos reúnem-se em torno da mente dos sonhadores, dos artistas, dos poetas, e os inspiram com seu alto conhecimento das maravilhas e obras da Natureza. São de temperamento alegre, mutável e excêntrico. À eles, é atribuída a tarefa de modelar os flocos de neve e arrebanhar as nuvens, sempre desempenhando esta tarefa com a ajuda das Ondinas, que lhes fornecem a umidade.




Terra - Gnomo.

Os Elementais que vivem no Éter Terrestre são denominados geralmente de Gnomos. Assim como há seres humanos em evolução através dos elementos físicos e objetivos da Natureza, também existe várias espécies de Gnomos em desenvolvimento e evolução através do Corpo Etérico da Natureza.
São conhecidos também chamados "Espíritos das Árvores, os homenzinhos velhos da floresta. Sua casas são por eles construídas com substâncias parecidas com o Alabastro, o mármore e o Cimento, mas a verdadeira substância é desconhecida no plano físico ( 3ª dimensão ), já que todos os Elementais vivem na 4ª dimensão. Cada arbusto, cada flor, cada planta, cada árvore, tem o seu Espírito da Natureza, que freqüentemente usa o Corpo Físico da planta como sua habitação.
Quando uma planta é cortada e morre, seu Elemental morre junto com ela, mas enquanto existir o menor traço de vida nessa planta, ela mostrará a presença de seu Elemental Guardião. Pense bem antes de cortar uma planta, veja se é mesmo necessário... Os Gnomos sempre se colocam à disposição do ser humano, desde que nunca seja usado seus poderes de uma maneira egoísta, para adquirir o Poder Temporal. Uma atitude dessa faz com que estes Elementais se voltem com toda a sua fúria àqueles que os decepcionam.
Os Gnomos são governados por um rei, pelo qual têm um grande amor e referência. Seu nome é Gob, por isso seus súditos são freqüentemente chamados de Gobelinos. Os Gnomos casam-se e constituem família. As mulheres dos Gnomos são as Gnomidas. Alguns usam as roupas tecidas do Elemento que vivem. Em outros casos, sua vestimenta é parte integrante deles mesmos, e cresce com eles, como pêlos nos animais.
São muito gulosos, e gastam grande parte de seu tempo comendo, mas ganham seu alimento, através de um trabalho deligente e conscencioso. Muitos são de temperamento avaro, e gostam de acumular coisas, que escondem longe, em plantas secretas. Existem provas abundantes, que as crianças, até por volta dos sete anos de idade, por sua pureza, freqüentemente vêm os Gnomos, porque seu contato com o mundo material ainda não está completo, ainda não adquiriram defeitos psicológicos, sendo assim funcionam mais ou menos conscientemente nos mundos invisíveis.
O comportamento dos Gnomos ou Duendes varia em geral baseiam-se em atitudes humanas por estarem próximos aos homens. Essa aproximação, é sempre favorecida quando o ser humano está mais frágil e sensível. Os Gnomos são os Guardiões dos Minerais, com capacidade até de transformar Rocha em Cristal. Os Duendes, são ligados à Terra e geralmente conseguem controlar imprevistos da Natureza. Tanto Gnomos quanto Duendes vivem vários anos, cerca de cem anos. Adoram fazer brincadeiras e esconder coisas. Alguns possuem orelhas pontudas e grandes e tem grande quantidade de pêlos no corpo.
Quando confiam no homem, se tornam fiéis e grandes protetores. Adoram frutas, mas naturalmente, em seu sentido de humor que se faz notar em cada uma de suas afirmações - para comermos um melância ou um melão, teríamos que nos meter dentro. O morango, a cereja, a groselha e amoras silvestres, são seus pratos favoritos, e não comem como sobremesa, mas sim como prato principal.


ASTROLOGIA É O QUE HÁ.... (ao menos pra mim rsrs)





Anjos...

Como está descrito abaixo no título deste Blog, irei sempre postar coisas que me derem na telha.
E hoje me deu na telha de postar a Hierarquia dos Anjos.
Espero que curtam.


HIERARQUIA ANGELICAL


O Mundo Angelical possui 72 Anjos Guardiões, divididos em oito Hierarquias, onde cada hierarquia tem seu Príncipe.


- Serafins.


- Querubins.


- Tronos.


- Dominações.


- Potências.


- Virtudes.


- Principados.


- Arcanjos.


- Anjos.
_________________



A categoria angelical mais próxima de Deus. Apesar de Anjo não ter sexo nem idade, os Serafins são considerados os mais velhos de todos os Anjos. São entidades superiores que conhecem a infinita bondade. Seus deveres são velar, adorar e louvar à Santíssima Trindade, assim como propagar o Princípio da Vida Universal e manifestar a gloria de Deus. Possuem poderes de purificação e iluminação. O Príncipe desta categoria chama-se METRATON, ele governa todas as forças da criação em beneficio dos habitantes da Terra. Reúne nas mãos o esplendor das sete estrelas. Os Serafins constituem do 1º ao 8º gênio, para estar em contato chamam-lhe a atenção livros e limpeza. Os Serafins são representados normalmente com seis asas e rodeados de fogo.



Recebem os raios da Divina Sabedoria de Deus e são responsáveis pela ordenação do caos universal. Oferecem aos homens o conhecimento e as idéias. Acredita-se que o trono do Papa é guardado por 4 Querubins. O Príncipe desta categoria chama-se RAZIEL, que é o Anjo dos mistérios, o príncipe do conhecimento e guardião da originalidade. São os bebes, retratados com simpatia e graça pelos pintores. Os Querubins constituem do 9º ao 16º gênio, para estar em contato chamam-lhe a atenção doces e crianças. Os Querubins são representados por uma criança gordinha, bochechuda, com jeito de garoto moleque e travesso.




Possuem uma essência muito pura e zelam pelo trono de Deus, oferecendo ao homem o sentido de união. Recebem de Deus as ordens para depois comunicá-las às dominações e a outros espíritos de menor poder. O Príncipe desta categoria chama-se TSAPHKIEL (Auriel), que simboliza as forças criativas em ação, ajuda-nos a contemplar o futuro e é associado com a Terra. Os Tronos constituem do 17º ao 24º gênio, para estar em contato chamam-lhe a atenção música.
Os Tronos são representados como Anjos jovens, bonitos, que levam nas mãos um instrumento musical como a Harpa, a Citara ou uma Trombeta.



São considerados de qualidade dominante, fazem cumprir a vontade do Senhor em todos os seres celestiais. Aspiram à verdadeira soberania. Despertam no homem a força para vencer o inimigo interior. O Príncipe desta categoria chama-se TSADKIEL (Uriel), que auxilia nas emergências e processos de todas as naturezas, é o príncipe da profecia e da inspiração. Traz ideais transformadores para concretizar as metas das pessoas fracas e desanimadas. Eles constituem do 25º ao 32º gênio, para estar em contato chamam-lhe a atenção velas e oráculos. Eles trazem como símbolo o cetro e a espada, representam a autoridade e o poder divino sobre toda a criação.



Tem o grande objetivo de proteger todos os seres humanos do poder maligno e destrutivo do demônio. São responsáveis pela ordem e pelos quatros elementos: Água, Terra, Fogo e Ar. Quando invocados, interferem contra todas as tentações. O Príncipe desta categoria chama-se KAMAEL, que interfere nas relações interpessoais e disciplinadoras. É o príncipe encarregado de receber as influências de Deus, para transmiti-las aos Anjos dessa categoria. Eles constituem do 33º ao 40º gênio, para estar em contato chamam-lhe a atenção animais. Eles trazem como seu símbolo a espada flamejante.

São representados pelo Reino Mineral e pelas leis que regem a criação e considerados orientadores das pessoas, de acordo com a vontade Divina. Traduzem o desejo de Deus e oferecem ao homem discernimento. Eles tem o poder de acalmar a fúria da natureza, como tempestades, maremotos e terremotos. Trabalham com milagres. O Príncipe desta categoria chama-se RAPHAEL, que é o auxiliador dos trabalhos de cura, ele é a medicina de Deus. Será ele quem conduzirá a nova geração para o ano 2000 e deverá remediar os males da humanidade. Eles constituem do 41º ao 48º gênio, para estar em contato chamam-lhe a atenção aromas. Eles pode ser representadas levando na mão um cajado ou um bastão.




São os protetores das comunidades e responsáveis pelo reino vegetal. Cada país, município, bairro ou igreja tem um vigilante para defesa e amparo geral. Os principados vigiam os lideres de todos os povos, seus protegidos tem facilidade de encontrar solução para os problemas. O Príncipe desta categoria chama-se HANIEL, que ajuda a resolver todos os problemas de amor, é invocado contra as forças do mal. Eles constituem do 49º ao 56º gênio, para estar em contato chamam-lhe a atenção cristais. Eles são conhecidos pelo cetro e pelas cruzes que trazem nas mãos.



São os lideres entre os Anjos. Deus confia a essas criaturas celestiais, missões extraordinárias e revelações acima da compreensão humana. Deus enviou o Arcanjo Gabriel para dar a notícia à Maria de que ela seria mãe de Cristo. As pessoas abençoadas pelos Arcanjos são religiosas de caráter impecável. O Príncipe desta categoria chama-se MIKAEL (MIGUEL), seu nome é um grito de batalha, invocado para coragem, defesa forte e proteção divina. Todo primeiro domingo de cada mês, às 10 horas, o Arcanjo Mikael, está mais próximo da Terra. Os Arcanjos levam nas mãos uma espada e um escudo.




Encarregados de orientar e influenciar os homens no caminho da vida. São seres de luz, responsáveis pelo desenvolvimento espiritual dos humanos. Não ocupam atribuições ou postos especiais no exercício celestial. As pessoas sob o domínio dos Anjos gostam de liberdade, não tem apego ao dinheiro, são bem-humoradas e inteligentes. O Príncipe desta categoria chama-se GABRIEL, é o Anjo da esperança.Eles constituem do 65º ao 72º gênio, para estar em contato chamam-lhe a atenção frutas. Não existe uma representação especial para eles, tomam a forma com que você os imagina.




"A felicidade não está no fim da jornada, e sim em cada curva do caminho que percorremos para encontrá-la."

quarta-feira, 2 de julho de 2008

Second Family.


Amo muito tudo isso.



MADRINHA.


Tão linda e iluminada é minha Madrinha
Que transmite muita amizade, zelo e muito carinho.
Ouço sempre seus conselhos.
Mesmo quando estou triste ou alegre, deles procuro não esquecer.
Quando está distante, sempre presente está.
Consigo sentir sua energia, mesmo que ela não esteja por lá.
Sua presença me dá paz e harmonia e em momentos de dúvidas, sempre traz sabedoria.
Sua LUZ é branca e áurea iluminada, ajudando todos na caminhada.
Não permitas minha Madrinha, que nada e nem ninguém roube seu brilho.
Lembras que estás muito acima de sentimentos pequenos e mesquinhos.
Obrigado pela sua amizade, ela estará sempre bem guardada.
Dentro do meu coração a sete chaves e nunca será roubada.
Hoje, amanhã e sempre, quero todas as benções para você.
Que DEUS ilumine sua caminhada e que sempre eu esteja perto de você.
Te amo!!!



terça-feira, 1 de julho de 2008

Assinaturas Digitais.




Vídeo para uma Amiga.

Este vídeo abaixo, eu fiz para minha amiga Michele.
Uma pessoa ímpar, e de fundamental importância na minha vida.


video